Amor · Eu-lírico · Poesia

O amor que eu quero

o amor que eu quero
tem gosto de fruta madura
colhida do pé do quintal da minha vó.
até chora, mas não fere.
cuida
protege,
sorrir
e agradecer.
é amor tranquilo, mas que sabe lidar
com as tempestades da vida.
tem cheiro de flor de primavera
que sabe nascer mesmo depois
de um inverno rigoroso.
amor que não encena,
não se encerra
e até erra.
não é volúvel,
solúvel,
ou ralo.
é casa pequena
mas de alma grande.
que acorda com desejo
terminado em beijos.
é amor intimo, feliz,
vívido, dividido,
não contido,
mas nunca exibido.
sem plateia, sem cerimônia
sem máscaras, sem pedaços
somente inteiros.
amor que dura
sem precisar de juras.
que traz o céu e assim
me leva pra perto de Deus.
Vanessa Pérola

 

Caso queira conversar me envie um e-mail contando sua história!
📧 vanejc12@gmail.com
A Imagem usada não pertence ao blog. Qualquer reclamação quanto aos créditos, por favor, entrar em contato. Grata!
Anúncios

8 comentários em “O amor que eu quero

Comente o que achou desse post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s