Textos - Crônicas - Contos · Vida

Não quero mais, será mesmo?

Por ser intensa, sinto demais. Demais mesmo.

E quando o assunto é saudade, sou um mar sem fim. Um oceano talvez. Sinto falta do que tive, do que vou ter e do que não tive, mas quis. E ultimamente tenho vivenciado uma saudade estranha. Como é possível sentir falta de algo que não quero mais? Começo a stalkear. Visitar perfil do Facebook. Incito conversas com amigos em comum e de repente: “Tem visto fulano? Me disseram que ele tá bem. Tem notícias? Nada de novo. Apenas uma pergunta: “pra que você quer saber?”. Digo que é curiosidade e que não tenho mais interesse. Rum, sei!

É só curiosidade mesmo. Saber se ele está bem, se já tá namorando ou o que tem feito da vida. Vou então pro whatsapp. Abro a tela. Confiro a última hora em que ele visualizou. Saio da tela e deito na cama. 5 minutos. Clico na tela novamente. Online. Amplio para ver a foto. Liguei. Um toque. Um desespero: “que merda, quem foi o imbecil que inventou de colocar um botão de ligar do lado da foto do whatsapp?”.

Espero um “oi me ligou pra que?”. 30 minutos. Nada. Espero mais um pouco, afinal a última hora em que ele visualizou foi no momento da ligação. 45 minutos. Mando um oi. Mais 15 minutos. Abro a tela e nada. Que se dane! É mesmo um idiota. Por isso estou certa de não querer alguém assim. Mais 30 minutos. “Onde eu tava com a cabeça quando cogitei sentir saudade desse cara?” 1h30 depois. Uma notificação. “Oi tudo bem? Você me ligou?” Agora é minha chance, não vou nem responder. Penso. 5 minutos. “Foi. Liguei errado. Ia mandar uma foto e cliquei no botão sem querer.” “Pensei que quisesse falar alguma coisa.” Coloco uma carinha insignificante e dou a conversa por encerrada. Nossa que chato.

5 minutos depois. “Tava pensando aqui. Bem que a gente poderia sair né?” Se ele pensa que pode me chamar pra sair e que eu vou aceitar, eu mesmo que… “Qual dia mesmo?”.

Vanessa Pérola

Comente sobre o que achou do texto, sua opinião é super importante! Nos envie um email sugerindo posts! Abraços!!
📧 vanejc12@gmail.com
A Imagem usada não pertence ao blog. Qualquer reclamação quanto aos créditos, por favor, entrar em contato. Grata!
Anúncios

4 comentários em “Não quero mais, será mesmo?

  1. Essa história é real, Van?!

    Quantas de nós já não passamos pelo dilema do ‘mandou ou não mando’, mas não concordei muito com essa atitude final..
    Sou da opinião que só supera quem se da espaço..
    Enfim

    De qualquer jeito, excelente texto! Me representou na primeira parte ahahah
    beijos

    Curtido por 1 pessoa

    1. O texto eh baseado em fatos reais.. trabalho com aconselhamento de meninas que terminam o namoro, que estão começando, em diversas áreas.
      E a maioria deles possuem esse comportamento mesmo sabendo que eh tóxico e que não vai dar em nada. Todo texto meu sempre vai ter algo real nele, sendo minha história ou das pessoas que eu acompanho e amigos e coisas que leio na Internet! Que bom que gostou!!!!!!

      Curtido por 1 pessoa

  2. o que posso dizer?
    o que eu gostaria de dizer pra todas as mulheres que estão vivendo um relacionamento abusivo: é possível se livrar de tudo isso…é possível, em DEus, nossa alma é restaurada!
    Sabe, antes de passar por certas coisas, eu me achava ‘superior”, pensava: nunca deixaria isso acontecer comigo, nunca me permitiria viver algo assim…hoje olho pra trás e percebo o quão boba eu era, ao pensar ser inabalável… um dia, deixei minar minha fortaleza e sem perceber, dentro de menos de um ano, me perdi de mim e mergulhei no mundo do outro,foram tantos desenganos, e choros e prantos, aff…
    no fim, acordei, era mesmo um pesadelo!
    Hoje, só faço agradecer a DEus por enfim, ter me libertado, hoje trago em mim outra forma de ver e analisar o mundo, as pessoas, suas relações, suas escolhas, julgo muito menos, compreendo muito mais.
    Sobre o relacionamento, não sinto falta e não quero nunca mais!! Tenho pavores verdadeiros só de imaginar qualquer aproximação, não foi fácil, mas existem algumas atitudes necessárias, excluir mesmo do face, do zap, virar a página, até correr o risco de ser taxada de “infantil” e sim, “ficar de mal”, no fim, eu fiz uma escolha, prefiro ser vista como infantil, imatura…e ser feliz, livre, do que pagar de super -bem- resolvida e ficar triste a cada 30 minutos…
    existe sim esperança fora de uma relação assim,pois, mesmo quando pensei não ter mais jeito e ter “decidido” que era com ele que iria ficar, custasse o que fosse, pensava q meu destino estava ligada ao dele, mas, Deus abriu meus olhos… teve misericórdia da minha alma.Amor infinito é esse ai, o amor do Pai por nossas vidas!!
    A caminhada pra fora de um relacionamento abusivo não é fácil e muitas vezes é doloroso, mas, em Deus há cura e libertação pra alma ferida e cansada,pro coração sem esperança e com medo de “nunca mais encontrar ninguém”… ahaha!
    Amar a Deus e se permitir ser amada por Ele transforma nossa forma de entender,viver e querer o amor…Ele faz novas todas as coisas, inclusive, nosso amor próprio, nossa admiração por quem somos e nossa vontade de seguir a vida “sozinhas”…
    Em Deus nosso senso de preservação é restaurado, nossa forma de encarar a vida é transformada.Não permitam nunca que alguém que alguém cujo coração não está ligado ao coração de Deus, se torne dono do seu coração!
    #dicasdeumaaprendiz
    #épossívelserfeliz
    #emDeussomosrestauradas
    #escolhaoamordeDEus

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que comentário maravilhoso. Penso exatamente assim. Em Deus conseguimos não só virar a página mas como também virar a página e começar de novo uma nova e linda história! 😊😊😊
      Obrigado por ter vindo até aqui, por ter deixado seu comentário. Obrigado por tudo.

      Curtir

Comente o que achou desse post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s